"Plantationoceno e crise ambiental" é tema do Fundamentos 4

O professor José Marcelo Ferreira Filho irá abordar as relações entre o sistema Plantation e o estado de degradação do meio ambiente.

Imagem: Pixabay


Muitos pesquisadores vêm criticando o uso do termo “Antropoceno” como terminologia para explicar a crise ambiental que atravessamos. Para esses autores, o radical “antropo” (humano) dá a entender que a responsabilidade pelo estado atual da natureza é igualmente compartilhada por toda a humanidade, quando, na realidade, essa culpa é desigualmente distribuída.

A partir desse debate, diversos novos conceitos têm sido propostos para pensar o colapso. Nesse bojo, novíssimos trabalhos discutem o termo Plantationoceno, relacionando o sistema de plantation à degradação ambiental. Aterrada em uma área de plantation açucareira histórica, a Oficina Francisco Brennand receberá o professor José Marcelo Ferreira Filho, que irá abordar as relações entre esse sistema de plantação e o estado de emergência ambiental, debate que faz parte das ações públicas do projeto Artes, Museus e Antropoceno e será online pela plataforma Zoom.

O projeto Artes, Museus e Antropoceno é realizado através de cooperação técnica com a Facepe e a Universidade Federal de Pernambuco (Departamento de Museologia e Antropologia e Observamus).

Quem: José Marcelo Ferreira Filho é graduado, mestre e doutor em História. Professor do Departamento de História da UFPE e dos Programas de Pós-Graduação em História da UFPE e UFRPE, atualmente desenvolve pesquisa na interseção entre História Social do Trabalho e História Ambiental com ênfase nas interações ecológicas entre humanos e não humanos na plantation açucareira. Em 2022, publicou a segunda edição ampliada do seu livro "Arquitetura espacial da plantation açucareira no Nordeste do Brasil".

O que: Fundamento Antropoceno

Como: Online

Link de Inscrição: https://forms.gle/9P8A9QV4s9K3gx5d7

Para quem: Estudantes, professores, pesquisadores e profissionais de todas as áreas, profissionais da cultura, artistas e profissionais de museus.

Quando: 09 de novembro, 19h às 21h